Gaming x e-Learning

By 11 de maio de 2012E-Learning

Aprendizado baseado em jogos para o   mundo corporativo.
Os jogos podem melhorar a resolução de problemas, criatividade e avaliação de risco.

Por gerações os jogos são utilizados para ensinar conceitos, conhecimentos e habilidades. Temos como exemplo o BANCO IMOBILIÁRIO/MONOPÓLIO e matemática, SCRABBLE e ortografia, MASTERMIND/QWIRKLE e estratégia; CLUE/DETETIVE e resolução de problemas.

Os jogos são desafiadores, interessantes e envolventes. E com o cenário da tecnologia melhoram cada vez mais, os jogos se tornam ainda mais envolventes do que nunca. Os jogos individuais ou multiplayers online têm crescido muito nos últimos anos, e as projeções mostram o consumo crescente de jogadores.

Semelhança entre Gaming e e-Learning, jogar ou não jogar?

Uma pesquisa mostrou que jogos, no contexto certo, podem ser tão, ou mais eficazes que o tradicional e-Learning. Ele melhora a resolução de problemas, criatividade e avaliação de risco. Gaming também suporta a teoria comportamental de BF Skinner, onde o comportamento é uma função de suas consequências. Como na vida real, quando a maioria das pessoas tem um resultado negativo com aquilo que fazem, acabam que não repetindo o mesmo. No jogo o conceito é o mesmo: Você passa por aquela porta particular, e acaba caindo no lugar errado e perdendo o jogo. E provavelmente isso não será repetido novamente.

Por que jogos podem treinar?

·         Gaming usa inteligências múltiplas para aprendizagem;
·         Os jogos são envolventes, e envolve por inteiro a atenção do jogador.
·         Jogos fornecem outros meios de suporte de desempenho e, quando aplicada com intuito de formação, pode dar aos alunos uma vantagem competitiva.
·         Gaming oferece just-in-time de aprendizagem.

Diferencia entre gaming e e-Learning.

Embora as semelhanças existam, podem ocorrer diferenças também. Gaming tem um estigma de ser divertida, que nem sempre se ajusta com uma mensagem corporativa. Alguns de seus conteúdos não servem para determinados públicos e ambientes. A mensagem central do treinamento pode precisar de mais contexto do que um jogo pode fornecer.

 

Quando os jogos não são a melhor ferramenta.

·         Se houver muita informação sobre sair. Isso tornaria o jogo longo, cansativo e confuso.
·         Alguns conteúdos inadequados para jogos. Alguns assuntos são demasiados sensível ou pessoal a ser ensinado no jogo. O jogo precisa ter um contexto, se isso falta o jogo não terá um objetivo especifico para aprendizagem.
·         Tecnologia nem sempre poderá ser amistosa. Seja intencional quando decidir, onde o aluno vai jogar. O jogo será em um dispositivo móvel? Será que vai ser jogado em um computador?! Com todo o planejamento já construído, poderá ter um jogo para uma plataforma apropriada.


Aprendizado através de jogo pode ser usado para treinar, novos funcionários, gerentes, CEOs e diretores. Jogos de simulação podem ser usados para treinamento de habilidades. Isso também pode ser usado como interação com membros da equipe, fazendo com que os novos funcionários possam desempenhar o papel como representante de fornecedores-organizações. Não só irá melhor à relação entre os funcionários, como também o conhecimento natural entre o grupo, compartilhando experiência.

Exemplo de uso do aprendizado baseado em jogos, para vender produtos e serviços:

·     Ele trabalha para os executivos de vendas, parceiros de canal e gerentes de produto.
·     Teaches product features and benefits in a fun, memorable way. Ensina recursos do produto e os benefícios de uma forma divertida memorável.
·     Provides “practical practice” in real-life scenarios. Fornece “prática” em cenários da vida real.
·     It’s a quick and easy way to augment other learning formats. É uma maneira rápida e fácil de aumentar a outros formatos de aprendizagem.

O desenvolvimento de jogos custa em média entre US $1 MILHÃO e US $ 5 MILHÕES por jogo. Mas, contudo vale apena incorporar jogos, no sistema de aprendizagem no contexto corporativo. Os jogos podem ser um meio de inovar e transmitir a formação adequada dentro de uma empresa. Assim haverá um aumento existente de programas de aprendizagem, aumento do conhecimento do aluno/funcionário. Pode ser um meio divertido quando é desenvolvido com historias e desafio contínuos e recompensas. E por fim estimular a força de trabalho por gerações.